segunda-feira, 27 de março de 2017

DAS INTENÇÕES

- Desculpe-me, foi sem querer!

Quantas vezes, contraditoriamente, proferi essa frase em relação a alguém. Contraditório, pois sempre deixava as pessoas muito irritadas comigo, quando se dirigiam a mim dessa forma, após alguma ação que entendiam me incomodar.

- Não desculpo. "Sem querer" eu não desculpo. Só desculpo, ou não, se houver um propósito. Sem propósito, é imperdoável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário